Obrigações da Prestadora de Serviços.​

Filiada ao SEAC - Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação, a Limp Serv® cumpre rigorosamente com suas obrigações legais, trabalhistas, sindicais e quanto as normas de segurança do trabalho.

Todos os nossos funcionários passam por processo de integração, no qual são apresentados à estrutura organizacional, são esclarecidos sobre os direitos e benefícios, e tomam ciência do “Regulamento Interno (Normas Gerais)” e dos objetivos da empresa e dos clientes.

OBRIGAÇÕES DA PRESTADORA DE SERVIÇOS PARA COM OS CLIENTES:

Folha de pagamento individualizada por cliente;

 

Emissão de NFeletrônica, com as devidas retenções (11% INSS, IRPJ 1%, ISS 2%, CSSL/PIS/COFINS 4,65%);

 

Guias de recolhimento individualizadas (GPS e GFIP) constando todos os dados do cliente e os dados dos funcionários que trabalham no posto;

 

Cópias das fichas de registro dos funcionários;

 

Pagamentos de salários e benefícios efetuados pontualmente,através de conta corrente bancária;

 

Cópia dos Recibos de Férias e 13º Salário;

 

Cópias dos exames Médicos Periódicos (PCMSO) – NR-7
PPRA e PCMSO

 

Manter Ficha de Controle de Entrega e Treinamento de Uso de EPI´s.


Fornecimento de EPI´s homologados no Ministério do Trabalho.

A empresa mantém PCMSO- PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO E SAÚDE OCUPACIONAL, conforme determina a N.R.07, PPRA, , LTCAT PPP, através de convênio com a TOP MÉD Medicina do Trabalho.

 

Pisos Salariais e representatividade sindical laboral: SIEMACO. (saiba mais em "NOTICIAS")

 

Pagamento de salários através de Cartão Salário Itaú-Unibanco

 

Vale Refeição - Através de Cartão Multialimentação Pão de Açucar.

 

Cesta básica - Através de Cartão Multialimentação Pão de Açucar.

Seguro Assistência Social Familiar Sindical - UPS.


PPR- Programa de Participação nos Resultados
Seguro de vida em grupo.

 

Vale Transporte - Bilhete único SPTRANS, Cartão BOM, Cartão BEM. 

Convênio Farmácia.

Fardamentos e EPI´s homologados pelo Ministério do Trabalho. 

Abaixo seguem alguns cuidados e obrigações que o tomador de serviços terceirizados deve tomar para evitar que as contratações possam ser consideradas irregulares:

1. Atualmente não é possível ser terceirizada a atividade fim da empresa; 
2. Estabelecer contrato escrito com a prestadora de serviços; 
3. Verificar a idoneidade da empresa contratada; 
4. Evitar contratação de empresa para prestar serviços de caráter habitual;
5. Estabelecer rotatividade entre os funcionários da contratada; 
6. Exigir comprovação da contratada de que está regular com o recolhimento dos tributos e encargos trabalhistas dos funcionários; 
7. Procurar diferenciar os empregados da contratada dos da empresa contratante através de uniformes ou identificação ( crachás) próprios; 
8. Nunca utilizar os funcionários da contratada para tarefas diversas daquelas previstas no contrato; 
9. É aconselhável que a contratada possua outros clientes, evitando-se a exclusividade (Conheça Nossos Clientes).
10. Efetuar pontualmente o pagamento das retenções legais das Notas Fiscais e os valores das faturas.
11. Menor preço, não necessáriamente, quer dizer economia (como dizem: "O barato pode sair caro").

Desconfie de empresas que ofertam preços baixos e oferecem muitas vantagens.

Procure comprar pelo MELHOR PREÇO (a melhor relação Custo x Benefícios).

ENCARGOS SOCIAIS: 

Planilha detalhada com os Encargos Sociais na formação dos custos de mão de obra terceirizada nos serviços de limpeza e conservação.

CONVENÇÃO COLETIVA SEAC/SIEMACO 2017/2017:

Estabelece pisos e benefícios da categoria de Limpeza e Conservação e Serviços Terceirizados para o período 2017/2017.

Limpeza e Segurança Terceirizada:

​Antes de efetivar a contratação, no entanto, da mesma forma que fazem os diversos ramos de atividade econômica (Indústria, Comércio e grandes empresas), é imprescindível buscar referências sobre a Empresa de Prestação de Serviços: idoneidade, estrutura, tempo de atuação no mercado, transparência, serviços a oferecer, respaldo financeiro e nível de satisfação dos clientes. 

Limpeza e Portaria Terceirizada:

​​Há que se observar que, pela legislação atual, a responsabilidade do tomador de serviços em relação aos direitos trabalhistas e previdenciários dos empregados da empresa contratada é subsidiária. Isto é: caso não haja o cumprimento das obrigações pela firma terceirizada, o condomínio será compelido a responder pelos débitos existentes.