Limp Serv Conservação e Serviços Ltda. 

Qualidade e Transparência em Terceirização de Serviços desde 1999.

(11) 3836-1108 / 3836-2880 /

 

3644-3061 / (11) 99952-3499

DICAS DE LIMPEZA E CUIDADOS COM USO DE PRODUTOS E EQUIPAMENTOS.

Nesta página da LIMP SERV® você poderá encontrar algumas dicas de limpeza, orientações sobre produtos  ou links de sites na internet sobre limpeza, conservação, manutenção, serviços terceirizados, segurança em empresas e condomínios.
 

Para tirar goma de mascar ou chiclete, coloque a peça manchada no congelador, e a borracha congelada sai com facilidade passando-se a unha. Em carpetes, utilize gelo sobre a borracha.

As moscas deixam manchas nas cortinas e toalhas. Remova usando uma solução de álcool e água destilada.

CUIDADOS E MANUTENÇÃO DE PISOS TRATADOS.

EncC3R.jpg

PROCEDIMENTO DIÁRIO DE MANUTENÇÃO DO PISO 
Diminuia a quantidade de poeira e outros resíduos de fora para dentro do ambiente, colocando barreiras de proteção (tapete vinílico ou similar) nas portas de acesso ao estabelecimento. Quanto menor a quantidade de micro-grãos (poeira, areia etc.) no ambiente, menor será o atrito e o desgaste. Portanto, usando mop pó eletrostático, quanto mais vezes o piso for limpo por dia mais longa será a durabilidade e menor o prazo para recuperação ou novo tratamento do piso. Desaconselhável uso de vassoura de palha ou nylon. Para a manutenção das áreas úmidas (dias de chuva ou em locais onde fora derramado algum tipo de líquido) utilizar mop água com balde espremedor para efetuar a manutenção; 

PROCEDIMENTO SEMANAL DE MANUTENÇÃO DO PISO* 
1º- Após mopear (varrer) o piso, espalhar uma solução de detergente neutro( PH em torno de 7,5) diluído conforme instruções do fabricante, esfregar utilizando enceradeira industrial e disco de manutenção verde, recolher a solução, enxaguar e secar; 
2º-Dependendo da base seladora e do acabamento acrílico utilizado no tratamento de pisos, após a secagem do piso, lustrar utilizando lustradora High Speed 1.500 rpm, para a recuperação do brilho e eliminação dos riscos; 

PROCEDIMENTO MENSAL DE MANUTENÇÃO DO PISO 
Após utilizar a mesma seqüência do procedimento semanal, aplicar um ou duas camadas de cera (recamada) na área lavada (no caso de ceras para alto tráfego, 1 hora depois da secagem) lustrar com Lustradora High Speed e disco pelo de porco;

IMPORTANTE: Tanto a recamada de cera quanto lustrando com High Speed só poderão ser executados após o piso estar lavado, limpo e seco; 
Obs. Periodicamente se fará necessário a re-implantação do sistema de tratamento do piso, em virtude do acúmulo de cera em locais de menor tráfego, bem como por um desgaste maior nos locais de maior tráfego.

MUITO IMPORTANTE: Não utilizar sobre o piso qualquer tipo de produto químico, tais como: varsol, querosene, gasolina, ácido de qualquer natureza, soda cáustica, álcool, veja, desinfetante, sapóleo, água sanitária (Q-boa), sabão em pó, entre outros, sob risco de danificar o tratamento e o piso. 

Conheça nossos serviços de IMPERMEABILIZAÇÃO E TRATAMENTO DE PISOS

NÃO MISTURE PRODUTOS DE LIMPEZA.

É muito comum as pessoas pensarem que, quanto mais produtos de limpeza usamos, melhor. 
Acontece que esta teoria pode ser muito perigosa, já que algumas combinações podem causar reações químicas muito prejudiciais à saúde.

Produtos como limpa vidros, detergentes e outros não devem ser misturados com a água sanitária ou entre si, já que a mistura provoca a produção de gases tóxicos, que podem causar problemas respiratórios e na vista, entre outros.

Cada produto tem uma finalidade de uso e uma composição química

Por segurança, saiba que você não deve misturar água sanitária com outros produtos de limpeza.

Que deve seguir as normas de segurança que aparecem nos rótulos dos produtos.

Mantenha os produtos de limpeza longe do alcance de crianças e animais domésticos.

Mistura de produtos é perigoso.jpg

Todos os produtos utilizados na limpeza e conservação de ambientes são considerados saneantes e, como tal, tem legislação específica e cuidados no seu uso e procedência. Este guia mostra os cuídados que devemos ter ao comprar produtos de limpeza, evitando os produtos piratas, que não limpam e desinfetam corretamente e trazem riscos à saúde e ao meio ambiente.

"O BARATO PODE SAIR MUÍTO CARO".

PRODUTOS DOMISSANITÁRIOS

Este texto da Fundação Procon ajuda a esclarecer as características e os cuidados que se deve ter ao adquirir ou manusear produtos domissanitários.

DETERGENTES: dissolvem as gorduras, sendo destinado à limpeza de todos os utensílios domésticos. A ação detergente não tem qualquer relação com o perfume. Atenção: "aromas naturais" não significam "produtos naturais". Detergente não é sabonete portanto não utilize-o para lavagem das mãos, rosto e corpo. Em caso de alergia e rachaduras na pele, mude de produto. 

Cuidado: São proibidos por lei os produtos a base de anidrido arsenioso, alfanaftiliouréia (ANTU), fósforo branco, estricnina, sais de bário e sulfato de tálio, por apresentarem alto risco à saúde. Leia atentamente o rótulo.

Não compre e denuncie.

Cuidado:

Todos esses produtos, mesmo em pequena quantidade, são absorvidos pela pele. Evite ao máximo o contato e lave as mãos após o uso.

ARMANEZAMENTO

Os domissanitários são produtos químicos capazes de causar sérios acidentes quando utilizados ou armazenados de forma incorreta. Guarde-os em locais ventilados, em armários altos e fechados à chave. Evite guardá-los em cima ou embaixo do tanque, pois serão de fácil acesso às crianças.

Mantenha os produtos ao abrigo do sol e da luz. Os frascos opacos são sensíveis à luz e perdem a eficácia. Alguns desses produtos são inflamáveis e, por isso devem ficar longe de aparelhos ligados ou que produzam faísca, para evitar incêndios.

SABÕES: ao utilizar sabão em pedra, escolha um de superfície lisa e sem cristais. Os ásperos e com cristais contêm muita soda e podem causar problemas à pele. Existem ainda alguns tipos de sabão em pó específicos para máquinas de lavar louça, máquinas de lavar roupa (branca e/ou colorida), limpeza de pisos etc. Verifique a rotulagem e a indicação de uso.

CERAS E OUTROS: as ceras e os lustra-móveis são produtos inflamáveis; não os utilize em fogões, geladeiras etc.

Ao usar ceras e similares, não misture outros produtos, como inseticidas, água sanitária, desinfetantes ou que contenham perfume: isso poderá aumentar o risco de intoxicação.

INSETICIDAS: Destinados ao combate e controle de insetos. Aplique conforme as instruções do rótulo, evitando ao máximo sua inalação.

As espirais e os produtos elétricos agem como repelentes: não matam os insetos.

Devem ser utilizados em ambientes com boa circulação do ar mesmo durante a noite. Estes produtos podem causar alergias.

Cuidado: mantenha os inseticidas fora do alcance das crianças. Os aerossóis podem ser facilmente confundidos com outros produtos, como desodorantes, laquês etc.

RATICIDAS: destinados ao combate de ratos, camundongos e outros roedores. Devem ser aplicados seguindo rigorosamente as instruções constantes da embalagem. Compre esses produtos para uso imediato; não faça estoque. Compre produtos na sua embalagem original.

DESINFETANTES - GERMICIDAS - BACTERICIDAS

Importante:

A ação germicida e bactericida só é eficaz com o uso de produto puro por um determinado tempo, e deve estar indicada no rótulo.

Para evitar que os microorganismos tornem-se resistentes à ação germicida ou bactericida, recomenda-se a troca periódica desses produtos.

DESINFETANTES: destroem microorganismos em objetos e ambientes. Esses produtos só têm ação germicida ou bactericida quando utilizados puros e pelo tempo indicado no rótulo. Diluídos em água facilitam a remoção de poeira e deixam o ambiente perfumado.

GERMICIDAS: matam vários tipos de microorganismos (bactérias, fungos, esporos e alguns tipos de vírus).

Devem ser utilizados principalmente na pré- lavagem de latas de lixo, vasos sanitários, esgotos e outros locais com detritos e sujeira.

BACTERICIDAS: matam vários tipos de bactérias; devem ser utilizados na limpeza diária e habitual de pisos, vasos sanitários, azulejos etc.

ATENÇÃO: NÃO POUPE SEGURANÇA

Todo domissanitário deve ser fabricado de acordo com as normas técnicas que possam garantir sua qualidade e eficiência.

Para sua segurança, evite os de origem duvidosa, sem identificação do fabricante, sem registro ou acondicionados em embalagens não apropriadas..

Esse tipo de produto não contém as informações obrigatórias de rotulagem podendo causar sérios danos à saúde.

CUIDADOS GERAIS

Nenhum domissanitário deve ser misturado para uso com outro produto.

Se um domissanitário for ingerido, não provoque vômito. Em caso de acidente, não dê ouvido a curiosos; evite dar leite ou água e leve a vítima imediatamente até o pronto-socorro mais próximo, sempre de posse da embalagem do produto.

O médico ou os Centros de Intoxicação podem informar corretamente sobre o atendimento de emergência.

Tenha cuidado com os importados sem tradução do rótulo para o português.

Não adquira produtos nacionais ou importados sem registro do Ministério da Saúde.

Não compre produtos de ambulantes, carro-pipa e a granel.

IMPORTANTE:

Os produtos contra pulgões, lesmas, formigas e herbicidas (para plantas) são muito tóxicos e devem receber os mesmos cuidados na aplicação e armazenamento.

LEMBRE-SE:

A conduta de emergência, ou seja, prestar um primeiro socorro à vítima, não é suficiente. É necessária a avaliação médica com urgência e imediatamente após a ocorrência do fato.

ROTULAGEM

É obrigatório constar no rótulo dos produtos: prazo de validade, nome do responsável técnico, fabricante, registro no Ministério da Saúde, quantidade, modo de usar, composição química detalhada, ingrediente químico ativo, forma de conservação e armazenamento, advertência para não reutilização da embalagem, precauções, classe toxicológica (se houver), conduta em caso de acidentes.

Leia sempre atentamente as instruções de uso.

Atenção: As informações da rotulagem devem ser claras, precisas e quando o produto oferecer riscos à saúde, mesmo que potenciais, essa informação deve vir em destaque. Leia sempre atentamente as instruções do rótulo.

  • EMBALAGEM

    A embalagem deve assegurar as características do produto. Dê preferência às embalagens resistentes e de fácil manuseio e que possam ser fechadas após o uso, pois conservam melhor o produto.

    Mantenha sempre o produto na sua embalagem original. Não reutilize as embalagens de domissanitários.

    LEMBRE-SE: Embalagem vazia não é brinquedo e pode ser fatal. 

    Fonte: Fundação Procon.

UTILIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS DE LIMPEZA

 

ASPIRADORES DE PÓ/ÁGUA Retire o filtro permanente (filtro de pano) a cada 40 minutos de funcionamento do aspirador. Limpe o filtro retirando toda sujeira aderida ao pano para evitar a diminuição do fluxo de ar, super aquecendo os motores de aspiração. Ao aspirar somente água, retire o filtro permanente do aspirador (filtro pano). Não dobre a mangueira de aspiração. Lave a parte interna da mangueira após o uso, retirando possíveis resíduos de produtos que possam comprometer a vida útil da mangueira. Percebendo barulho anormal de funcionamento dos motores de aspiração, desligue o aspirador e encaminhe-o para assistência. Uma simples limpeza dos rotores do motor de aspiração prolonga a vida útil do motor. Não opere o equipamento se houver vazamentos de qualquer natureza.

 

ENCERADEIRAS 

Após o uso da enceradeira, retire a escova nylon/suporte para disco e a fim de lavá-los. Não deixe os acessórios encaixados embaixo da enceradeira para não danificar as cerdas  Limpar o fio elétrico após o uso para não danificar a borracha de proteção do fio.Faça lubrificação periódica das engrenagens evitando aumento de atrito e conseqüente quebra dos dentes das engrenagens. 

 

LAVADORAS AUTOMÁTICAS DE PISO Somente usar a lavadora automática após a completa varrição do piso evitando o acúmulo de resíduos no filtro de aspiração. Consulte sempre o fornecedor sobre produtos químicos a serem usados nas lavadoras automáticas. Alguns tipos de produtos químicos danificam as partes internas das lavadoras. Esvazie e lave os tanques do equipamento com água limpa após o uso a fim de evitar mau cheiro e sedimentação de resíduos de produtos químicos

 

LAVADORAS E EXTRATORAS DE CARPETE 

Após o uso das lavadoras de carpete, colocar água limpa e funcionar o equipamento  para a limpeza e remoção de excesso de produto químico no sistema de injeção. Seque os acessórios e interior do equipamento antes de guardá-lo para evitar mau cheiro.Não utilize produtos químicos que produzam espuma. Colocar sempre uma pequena quantidade de anti-espumante no tanque de água suja    para evitar aumento de espumação e conseqüente queima do motor. Antes de retirar a mangueira spray, reduza a pressão do circuito acionando o gatilho. Não opere o equipamento se houver vazamentos de qualquer natureza.

 

VARREDEIRAS MECÂNICASUse periodicamente o jateamento de ar para limpeza das engrenagens das escovas frontais e laterais. Não utilize a varredora na remoção de fios, cordas, arames pois podem danificar as engrenagens das escovas. Lave e seque o reservatório de detritos após o uso da varredora evitando mau cheiro no interior do reservatório.